Portal de BioProteção promove produtos mais seguros para combater pragas agrícolas

ladybird-devices

O Portal CABI de BioProteção foi lançado oficialmente no dia 13 de fevereiro de 2020 em Nairobi, Quênia. O portal é um recurso online gratuito com o objetivo de aumentar a sensibilização e a adoção de produtos biocontroladores e biopesticidas por produtores e consultores.

O portal está inicialmente disponível online no Quênia e pode ser utilizado em smartphones, tablets ou computadores. O seu objetivo é ajudar as fazendas, agricultores e consultores a identificar, obter e aplicar corretamente produtos biocontroladores e biopesticidas para problemas específicos de pragas agrícolas. Uma versão offline será lançada em breve para permitir que os agricultores tenham acesso à ferramenta em áreas rurais.

A ferramenta gratuita foi disponibilizada pela CABI em parceria com a Koppert Biological Systems, Syngenta e e-nema, e com doações do Ministério das Relações Exteriores dos Países Baixos, da Agência Suíça para o Desenvolvimento e Cooperação, Banco Africano de Desenvolvimento e do Departamento para o Desenvolvimento Internacional do Reino Unido. O portal é particularmente benéfico para os produtores que procuram substituir defensivos agrícolas químicos por produtos biológicos, a fim de satisfazer as exigências dos consumidores por alimentos mais saudáveis e seguros e reduzir o impacto sobre o meio ambiente.

O Portal CABI de BioProteção será ampliado para mais 10-15 países em 2020, incluindo Espanha, Brasil, Uganda e Bangladesh, e em vários idiomas, com outros países a seguir em 2021. O objetivo é que esta ferramenta se torne um recurso global de informação sobre biocontroladores e biopesticidas.

Dr. Ulrich Kuhlmann, Diretor Executivo de Operações Globais do CABI disse:

"Globalmente, estima-se que 40% das culturas são perdidas por pragas – como, por exemplo, a devastadora lagarta do cartucho na cultura do milho e a traça do tomateiro – assim como uma série de doenças das plantas.

"O uso generalizado de defensivos agrícolas químicos para combater as pragas não é economicamente nem ambientalmente sustentável a longo prazo, especialmente quando se consideram os impactos acentuados pelas mudanças climáticas.

"ACABI está ajudando produtores a se adaptarem a este grande desafio através de projetos que aplicam, entre outras coisas, nossa experiência em desenvolvimento digital e saúde das plantas, bem como produtos como o Portal de BioProteção, que promovem abordagens sustentáveis para o manejo de pragas".

Dr. Kuhlmann disse que o portal não beneficia apenas produtores, mas também autoridades nacionais responsáveis pela regulação/registro de produtos fitossanitários, tomadores de decisão do setor privado – tais como cooperativas e organizações que operam esquemas de certificação voluntária – e os fabricantes de biocontroladores que buscam promover maior aceitação dos seus produtos.

"O Portal CABI de BioProteção reúne em um só lugar vários produtos biocontroladores e biopesticidas mais seguros e ecologicamente corretos os quais os produtores podem acrescentar ao seu 'arsenal' contra as pragas como parte do manejo integrado de pragas", acrescentou ele.

Inscreva-se ao nosso boletim informativo
pt_BRPortuguês do Brasil
en_GBEnglish (UK) fr_FRFrançais es_ESEspañol pt_BRPortuguês do Brasil